No centro, os dois artistas, Estela Lapponi e William de Jesus, usam os óculos Zuleika Brit. Para continuar com esta AD, siga até o ícone AD, logo após as mini-bios dos artistas.
Zuleikando a cultura

Compreender o estado performático "Zuleika Brit" como verbo é praticar a micropolítica pelo acesso de artistas defiças, aos espaços de poder e direito do ser fazedor de arte. Diante da invisibilidade de artistas com deficiência em galerias e espaços conceituados da arte contemporânea no Brasil, o gif nos convida a personificação coletiva do conceito do Corpo Intruso, criado por Estela Lapponi. Com traços desenhados por William - o desenhista das ruas - a obra nasce a partir das fotografias tiradas do ato de zuleikar que fizeram juntos nas escadarias do Teatro Municipal de São Paulo, como forma de protesto, em frente a um dos maiores símbolos do pensamento artístico colonial.

Cocriação: Estela Lapponi e William JS

Técnica: Gifart

Ano: 2021

São Paulo - São Paulo - Brasil

William de Jesus tem 27 anos, é servidor público, estudante universitário, desenhista e ativista pela Neurodiversidade. É um dos fundadores do Movimento Vidas Negras com Deficiência Importam (VNDI).

Estela Lapponi 48 anos, é performer e videoartista paulistana. Tem como objetivo de investigação artística: o discurso do corpo com deficiência, a prática performativa e relacional (público) e o trânsito entre as linguagens visuais e cênicas. Possui hemiparesia há 24 anos, devido a um AVC. É ativista em seu fazer artístico pela visibilidade do artista DEF, fora do circuito inclusivista. Escreveu o Manifesto Anti-Inclusão em 2011, como uma das ações de sua pesquisa cênica, visual e conceitual – Corpo Intruso e sua performatividade Zuleika Brit.

Ícone da audiodescrição que começa logo abaixo.

No centro, os dois artistas, Estela Lapponi e William de Jesus, usam os óculos Zuleika Brit, óculos redondos com olhos desenhados e performam uma dança Manifesto na escadaria à frente da fachada do Teatro Municipal de São Paulo. Estela, à esquerda, é branca, com cabelo preto, liso, na altura da nuca. Ela usa máscara de proteção azul, vestido cinza na parte superior, com ZB em vermelho, saia curta, azul e vermelha, de pregas e tênis preto. William é negro, com cabelo preto, curto, crespo. Ele usa máscara de proteção preta e roupa igual à Estela, com uma bermuda cinza por baixo da saia. O Teatro é um prédio bege claro, de dois andares. No andar superior, cinco grandes portas douradas, em forma de arco. Acima da porta da esquerda, MÚSICA, em preto. Acima da porta da direita, DRAMA, também em preto. Acima das portas centrais, THEATRO MUNICIPAL. Na parede, entre as três portas centrais, dois adornos em marrom escuro e luminárias pretas. No andar inferior, cinco grandes portas pretas, também em forma de arco, ladeadas por colunas redondas bege, com detalhes em preto. Na primeira animação eles estão de frente, segurando cartazes retangulares brancos na mão direita, ao lado do rosto. O dela: #ARTISTADEF PRESENTE, em preto, e o dele #ZULEIKANDO ACULTURA. Na segunda animação William está à esquerda. De perfil esquerdo, eles seguram uma faixa branca, no alto, com CORPOS INTRUSOS ZULEIKANDO O MERCADO CULTURAL, em preto. Na terceira animação Estela está à esquerda. De costas, com FRÁGIL em vermelho na parte cinza do vestido, eles seguram uma faixa branca, no alto, ambos com a mão direita. Na faixa: #ARTISTADEF_FICA CAPACITISMO_SAI, em preto. Na quarta animação William está à esquerda, ambos de frente, com os corpos levemente inclinados para o centro e as pernas abertas, segurando uma faixa branca à frente do peito, com #ZULEIKAR É VERBO. Na quinta animação eles estão de frente. Estela, à esquerda, segura a ponta de uma faixa branca, com a mão direita à frente do peito e William segura a outra ponta, com a mão esquerda para cima. Na faixa: QUEREMOS ENTRAR PELA FRENTE. QUEREMOS ENTRAR está em preto e PELA FRENTE, em vermelho. Na sexta animação William está à esquerda, em leve perfil direito e Estela em leve perfil esquerdo. Eles seguram uma faixa branca, com #CORPOINTRUSO. William está com a mão direita próxima ao pé direito flexionado para trás. Na sétima animação eles estão de frente. Estela, à esquerda, está sentada de perfil, no chão, apoiada no cotovelo direito, segurando a ponta de uma faixa branca à frente do peito e William, em pé, segura a outra ponta, com a mão direita ao lado do rosto. Ele segura a ponta da saia com a mão esquerda. Na faixa: SOMOS ARTISTAS #ZULEIKANDOACULTURA. SOMOS ARTISTAS está em preto e #ZULEIKANDOACULTURA, em vermelho.

Obs.: Esta AD não está incorporada à imagem, devido ao limite de caracteres estabelecido pelo site para inclusão de textos alternativos.